O melhor do Rock in Rio

by - agosto 07, 2018


O Rock in Rio já lá vai mas nunca é tarde para recordar, pois não? O meu primeiro Rock in Rio foi em 2016, quando fui ver os Maroon 5. Tinha imensa curiosidade em vê-los ao vivo e vim de lá desiludida. Ainda assim, festival é festival e Rock in Rio é sempre uma boa desculpa para voltar a Lisboa.


Este ano aventurei-me e decidi comprar bilhetes para o dia 23 e 24 de Junho. Razões? Muse, Bastille, Demi Lovato e o meu aniversário. Por várias razões pessoais, tudo me levou a crer que eu ia festejar o meu aniversário sozinha em Lisboa mas, como eu tenho o melhor grupo de amigos a meu lado, passei dias maravilhosos e sempre acompanhada!


A noite de 23 de Junho foi linda. Não esperava melhor. Gostei imenso de ver os Bastille mas os Muse foram a minha maior surpresa. Ouvia falar tão bem dos concertos deles que eu estava cheia de curiosidade e, que espectáculo! Os Muse fizeram-me vibrar, saltar, cantar e foi ao som deles que os meus amigos me cantaram os parabéns quando chegou a meia-noite. Uns minutos depois, um rapaz que fazia parte de um grupo de espanhóis que estava atrás de nós, tocou-me no ombro e deu-me também os parabéns. Top!


Cheguei a casa de rastos mas o dia 24 de Junho é sempre dia de festa para mim (esteja onde eu estiver) e às 18h, estava a entrar no recinto para mais uma noite de música e diversão. Desta vez e ao contrário de toda a gente, eu estava ali porque queria ver a Demi Lovato. Confesso, nem cheguei a ver o Bruno Mars até ao fim (ups).


Talvez eu tivesse gostado mais do segundo dia de Rock in Rio se o som estivesse com qualidade mas notei que haviam ali muitas falhas (aliás, o som foi problema nos dois dias mas no segundo notei mais isso). Tive imensas dificuldades a tentar perceber qual a música ou em que parte a letra estava a Demi a cantar e achei que estava um pouco desafinada mas mais tarde soube que ela não andava bem. Pronto, está desculpada.

 
Festejar o meu aniversário no Rock in Rio foi estupendo. Dois dias repletos de felicidade, sempre com um sorriso de orelha a orelha. Estou eternamente grata aos meus amigos que não me deixaram sozinha e que se asseguraram de que eu iria ter o melhor aniversário de sempre. Para ser totalmente perfeito, era preciso que estivessem presentes mais umas amigas minhas mas que, infelizmente, nesta data não puderam estar presentes.

Apesar de alguns problemas técnicos de som, das filas intermináveis para os comes e bebes, das infinitas horas de pé e dos encontrões das pessoas que não sabem estar em modo sardinhas enlatadas, eu vou continuar a gostar do Rock in Rio (mesmo que ele agora seja mais Pop). Por isso, sempre que o cartaz me interessar, faço questão de ir!

 
Vemos-nos no próximo Rock in Rio?

Também Podes Gostar De

1 coments

  1. Nunca fui, mas deve ser uma experiência incrível :)
    Ainda bem que gostaste, uma ótima forma de festejar o aniversário!
    Beijinhos

    ResponderEliminar